Arquivo

Textos com Etiquetas ‘Lighttpd’

Lighttpd: Utilizando Virtual Host dinâmico

15, setembro, 2009 3 comentários

Opa,

Após colocar o Apache para trabalhar com Virtual Host dinâmico resolvi dar uma olhada na mesma solução só que usando Lighttpd (dica do Enderson) e depois de alguns simples passos o serviço estava configurado e funcionando utilizando o módulo mod_evhost.so! Fiz os testes em um Ubuntu 9.04.

Inicialmente é necessário instalar o lighttpd:

# sudo apt-get install lighttpd

Após instalado abra o arquivo de configuração lighttpd.conf, descomente a linha mod_evhost e adicione a linha referente ao diretório contendo as páginas conforme abaixo:

# sudo vim /etc/lighttpd/lighttpd.conf

...
"mod_evhost",
...
evhost.path-pattern = "/var/www/%3/"
...

OBS.: Existem várias opções de configuração, para maiores detalhes acesse o link da Fonte ao final desse post!

No caso desse post o %3 é referente ao primeiro subdomínio, ex.:

teste.exemplo.org -> /var/www/teste
outro.exemplo.org -> /var/www/outro

Agora basta reiniciar o serviço, adicionar a entrada no seu servidor DNS e testar o acesso:

# sudo /etc/init.d/lighttpd force-reload

Para testes locais adicione as entradas no arquivo hosts:

# sudo vim /etc/hosts

127.0.0.1 teste.exemplo.org outro.exemplo.org

Crie os diretórios e adicione algum conteúdo:

# sudo mkdir /var/www/{teste,outro}
# sudo sh -c “echo teste.exemplo.org > /var/www/teste/index.html”
# sudo sh -c “echo outro.exemplo.org > /var/www/outro/index.html”

Agora basta acessar pelo seu navegador os endereços criados! Abraço!

Fonte: http://redmine.lighttpd.net/projects/lighttpd/wiki/Docs:ModEVhost

Categories: Linux Tags: , , ,

Lighttpd com PHP + MySQL no CentOS

14, agosto, 2009 11 comentários

Opa,

Já faz algum tempo que eu soube do Lighttpd (através do Enderson), mas sempre utilizei o Apache como serviço de hospedagem Web nos servidores que instalo por uma simples razão, sempre me serviu muito bem, mas ultimamente eu precisava de um simples serviço Web com suporte a PHP e MySQL para hospedar um único sistema, foi quando eu resolvi testar o Lighttpd!

Primeiro, caso ainda não esteja instalado, é necessário instalar os pacotes do MySQL e PHP:

# yum install mysql mysql-server php-cli php-mysql php-gd php-imap php-ldap php-odbc php-pear php-xml php-xmlrpc

Ative o serviço do MySQL para iniciar durante o boot e inicie-o no sistema:

# chkconfig mysqld on && /etc/init.d/mysqld start

Agora é necessário alterar a senha do administrador do banco de dados MySQL, portanto execute os comandos abaixo:

# mysqladmin -u root password senha123
# mysqladmin -h hostname.servidor -u root password senha123

OBS.: Lembre-se de alterar a senha123 pela senha que deseja para o adminstrador do MySQL e altere hostname.servidor pelo hostname do seu servidor!

Agora vamos baixar e instalar o Lighttpd, para isso existem 2 formas, baixar os pacotes manualmente do repositório DAG, ou ativar o repositório DAG e instalar via YUM, eu escolhi baixar os pacotes manualmente e instalar via RPM (caso deseje a segunda opção basta dar uma olhada na fonte utilizada neste post). Execute os comandos abaixo:

# cd /tmp/
# wget -c http://dag.wieers.com/rpm/packages/lighttpd/lighttpd-1.4.18-1.el5.rf.x86_64.rpm
# wget -c http://dag.wieers.com/rpm/packages/lighttpd/lighttpd-fastcgi-1.4.18-1.el5.rf.x86_64.rpm
# rpm -Uvh lighttpd-1.4.18-1.el5.rf.x86_64.rpm
# rpm -Uvh lighttpd-fastcgi-1.4.18-1.el5.rf.x86_64.rpm

Agora iremos alterar dois arquivos de configuração, o primeiro é o php.ini que precisamos adicionar a linha abaixo no final do arquivo:

# vim /etc/php.ini

cgi.fix_pathinfo = 1

O segundo é o lighttpd.conf que precisa descomentar as linhas abaixo:

# vim /etc/lighttpd/lighttpd.conf

"mod_fastcgi",

fastcgi.server = ( ".php" =>
( "localhost" =>
(
"socket" => "/tmp/php-fastcgi.socket",
"bin-path" => "/usr/bin/php-cgi"
)
)
)

Inicie o serviço do Lighttpd e ative-o na inicialização do sistema com os comandos abaixo:

# /etc/init.d/lighttpd start
# chkconfig lighttpd on

Pronto! Serviço instalado! Caso deseje crie um arquivo info.php para verificar se tudo está OK:

# vim /srv/www/lighttpd/info.php

Abraço!

Fonte: http://www.howtoforge.com/lighttpd_php5_mysql_centos5.0

Categories: Linux Tags: , , , ,